sábado, 26 de fevereiro de 2011

Yulunga - Dead can dance

Yulunga de Dead can dance muito me encanta. Na realidade, tudo nele me encanta: seu ritmo, seu som, suas cores, sua fotografia, sua ideia. Sinto uma sincronia, sincronia entre homens, mulheres, cultura e natureza, que tantas vezes não temos ou não enxergamos cotidianamente. São passos perfeitos. É antropológico. Isso faz com que me encante ainda mais pela ideia e pelo som. Um presentaço para meus leitores e seguidores. Deve ser sentido, pensado, não apenas escutado. Delícia de som. Também  estamos "De ouvidos na cultura".

-

video

-

Nenhum comentário:

Postar um comentário